quarta-feira, junho 17, 2009

Crème de la crème

Zanzando só com a roupa de baixo, arrumando o quarto das meninas antes de tomar banho e me enfiar na cama, escuto Catatau miando das profundezas de sua caverna de cobertores:

- Mamãe, você parece um fantasma.
- Por que, eu ando sem fazer barulho?
- Não, você brilha no escuro.

8 comentários:

Tina Lopes disse...

Fofas, fofas. (náo entendi a do mr. cohen, amore. nhé)

LuLu disse...

Hehehehehe... Que menininha inteligente!

Deh disse...

ahahahaha, implacável!

Manu disse...

Que tchuca!! rsrs

Srta.T disse...

Óun, que gracinha... vc também é do time das desprovidas de melanina, é?

Suzana Elvas disse...

Srta T,

Eu tive câncer de pele. Antes disso, eu praticamente mudava de etnia quando tomava sol. Sempre fui assim: muito café ou muito leite. Por causa do câncer, agora é leite puro, e provavelmente pra sempre.

Srta.T disse...

Putz, que foda. Eu não sabia, foi mal a brincadeira. Desculpa. =/

Meu avô materno e seus irmãos também tiveram, todos muito branquinhos (daqueles que ficam roxos com 15 minutinhos de sol). Minha mãe tem a pele bem manchada e sempre me besuntou de protetor, então eu fiquei "psica": não saio de casa sem fator 30, no mínimo. Mesmo assim, já tirei duas pintinhas suspeitas.

Beijo

Suzana Elvas disse...

Srta T,

Não levei a mal. Juro. As pessoas sempre falam isso (que sou "desprovida de melanina"), o que acho ótimo, porque fiquei branca, não amarela.
Bjs