quinta-feira, julho 02, 2009

Cartesiana

- Mamãe, ralei o tocovelo.
- Cotovelo.
- To-co-ve-lo.
- Não, filha, é cotovelo.
- Mas é claaaaro que não. Cê tá errada.
- Não, não estou. É cotovelo.
- Mãe, você ontem tava falando que a gente pode aprender o que quer dizer uma palavra se desmanchar ela em pedacinhos - que nem "eletro" e "donéstico" [sic]. Pois então: quando a gente tava falando daquele homem na rua que não tinha braço, você disse que o que sobrou era um toco. Então. Eu ralei a ponta do toco. TOCOVELO!

Dois minutos depois:

- Mamãe, me arranja um toconete?

9 comentários:

Tina Lopes disse...

KKKKKKKKKKKKKKKK GENIAL!!!

lola aronovich disse...

Que linda! Adorei a argumentação. Vou começar a falar toconete também.

josue mendonca disse...

eu queria ter uma filha assim!

marjorierodrigues disse...

HAHAHA

helen disse...

Linda, linda, linda!
Muito fofa e inteligente!
Parabéns!

Ana disse...

Sábia garotinha!!!! rs
=*

Lili Cheveux de Feu disse...

criança [dos outros] é foda. rsrs.

ei! me diz onde foi que voce achou aquilo lá!!!!

Deh disse...

Eu num digo que essas meninas são feitas de uma matéria especial? ;)

Zelma Rabello disse...

Minhas duas sobrinhas, uma de cinco anos e a outra de quatro:
Márcia: Eu sonhei que estava num morro muito alto, e tinha um rio e o rio estava cheio de tartalugas!
Mônica: Não é tartaluga não, maninha, é tartaruga!
Márcia: Pois é. O rio tava cheio de tar-ta-lu-ga.
Mônica: Não é tartaluga, é tartaruga.
Márcia: Tar-ta-lu-ga.
Mônica: Tar-ta-ru-ga.
Márcia: Tar-ta-ru-ga.
Mônica: Aí nós saímos correndo, não foi, Márcia?
Márcia: Essa não, Mônica. Só porque você me ensinou a falar, não vem querer entrar no meu sonho não! ...

Elas são demais!...