quinta-feira, setembro 03, 2009

Świat

Uma das coisas que eu mais aprecio tendo um blog é saber que gente de outros países entra aqui e lê sobre minha vidinha sem graça no alto do morro. Pois ontem alguém da Polônia ficou meia hora andando por este Breviário. E não olhou só as gravuras e os esquemas de frutas; botou este que ocupa a vossa tela no translate do Google e leu o que eu escrevi em polonês .

Moja wdzięczność dla Ciebie.

9 comentários:

Ana Cecília disse...

Boa literatura tinha mesmo que vir traduzida em todas as línguas. ;)
Que pena ter ficado longe por tanto tempo. Tava com saudades de seus textos...
Voltando à ativa, viu?
Bjo,
Cecília

P.S. Su, vc já conseguiu o filme "A Partida"? Aquele a que se referiu há uns tempos, em post antigo? Eu tenho a cópia, se quiser envio pra vc pelo correio. Já o teria feito se não tivesse perdido seu endereço. Pode me repassar novamente por email ou depoimento do orkut? Apago após ler.

Kss again... E "boa sorte" em todas as línguas. Vc merece.

Ana Cecília disse...

Ah, a propósito, o filme é im-per-dí-vel.

Tina Lopes disse...

Chiquérrima! Nem imagino como faz pra saber tudo isso dos leitores. Nem me conte, eu não entendo nada desses trocinhos de blog. E viu, por favor, me corrija sempre, tá? Só não arrumei o negócio lá porque tava correndo muito mesmo. Bjk!

Suzana Elvas disse...

Ana, não consegui. Primeiro procurei em locadora, e nada. Então comecei a baixar e parei, porque moooorrrrrrro de medo de deixar computador ligado sem euzinha por perto.

Semefazfavor, adoraria ganhar uma cópia. Depois te mando meu endereço por e-mail.

E aí, quando vais tomar tenência e voltar a escrever em blog, hein?

Manu disse...

O que é bonito, não é para ser visto? Então, o que é bem escrito, é para ser lido, em qualquer idioma! :)

André T. disse...

Eu, chato, peguei seu post, usei o google pra traduzir pra polonês, e depois usei o google de novo pra traduzir de volta para português. Ficou assim:

"Uma das coisas que mais se utilizar um blog para saber que pessoas de outros países vêm aqui e leia sobre a minha vida um pouco chato no morro. Bem, alguém da Polônia foi a última hora de caminhada através do breviário. E não só olhou as fotos e os desenhos de frutas, este ecrã colocado no comando do Google Translate e ler o que eu escrevi em polonês."

Suzana Elvas disse...

"sobre a minha vida um pouco chato no morro"
Hahahahahahaha!

Tá tudo mesmo um tédio, mas puxa vida, não era pra decodificar e espalhar!

Ana Cecília disse...

Adorei a tradução! rs A vida nem sempre tem q ter sentido, ora bolas.
Manda o endereço sim, que eu garanto que vais gostar do filme.
Em relação ao blog, tem mais jeito não... Outro dia bateu AQUELA culpa desesperada pq resolvi ler o "Livro do Bebê" da Lygia e notei que meus registros mensais pararam nos 6 meses da bichinha. Mãe displicente, preguiçosa. Tenho mais tempo pra nada! Nem uma inspiração decente como a sua... Contento-me com a degustação de teus escritos.
Grande beijo.

cris disse...

'translate' do google é uma das grandes invenções da humanidade, hahahahahaha. bjs, adorei.