quinta-feira, março 12, 2009

Casamata



As delícias

Ter um monte de cachorros;

Não ter vizinhos em cima pulando corda às duas da manhã;

Não pagar pela água desperdiçada dos outros;

Ter um jardim/horta/pomar;

Poder quarar e secar suas roupas ao sol;

Ter quintal pra brincar;

Deitar na rede na varanda sem ter que tirar dela as guimbas de cigarros jogadas pelos vizinhos;

Tomar banho de mangueira em dia de calor.

As dores

Recolher você mesma todos os bichos que os cachorros trucidam, incluindo um lagarto de 30cm deixado na porta da cozinha - e que você, obviamente, pisou descalça, no escuro (não esqueçamos do rato que só foi encontrado seguindo-se o cheiro de carniça mais do que podre. CSI rules!)

Recolher as 34.7 toneladas de cocô deixadas diariamente pelos cachorros - que comem num dia mais do que suas filhas e você, num trimestre;

Conviver com pombos que escolheram justamente a viga em cima da sua jardineira de amores-perfeitos como conversadeira/cagadeira;

Não ter ninguém a não ser você mesma para xingar quando a conta d'água vem maior do que a dos Banhos de Pompéia;

Ver que o quintal com pomar e casinha rosa de madeira com janelinhas enfeitadas com jardineiras e varandinha com vista para o Dedo de Deus é preterida todo fim de semana pelo novo & emocionante episódio de Charles e Lola;

Deitar na rede da varanda e escutar seu vizinho de baixo ouvir Rush aos berros, o vizinho do lado meter um Roberto Carlos no volume 10 e o vizinho do outro lado agitar o churrascão de sábado com os novos sucessos do Grupo Divã (com a participação de Reinaldo, aka o Príncipe do Pagode). E sem poder chamar o síndico.

6 comentários:

Tina Lopes disse...

Ufa. Meu vizinho é pianista. Só dá Gershwin e Cole Porter. Mas deu pulgão nas minhas cebolinhas.. ;)

cris disse...

aff. eu sempre achei casa a maior roubada. continuo firme no meu propósito de nunca vir a morar numa, rs. bj

Manu disse...

kkkkkkk
Impressionante é a sua capacidade de nos fazer rir, mesmo que o dia tenha sido uma chateação! Obrigada, mesmo.
Talvez uma dia eu também possa me deitar numa rede na varanda, depois que conseguir desembalar grande parte dos meus livros que estão encaixotados (na varanda) desde a penúltima mudança, na era mesozóica.

www.luizalavenere.wordpress.com disse...

Hehehehehehe.. olha eu sonhando com uma casa! Ou melhor: nao mais. Hehehehehehe

Ana Cecília disse...

Menina, estou eu a fazer o caminho contrário, em breve!!! Moro numa casa enooorme, em meio a um bosque lindinho, com miquinhos vindo semanalmente nos visitar. Tudo seria lindo e bucólico se essa pessoa que vos escreve não fosse pobre, pobre de marré de si, e contasse apenas com uma empregada para lavar, passar, cozinhar e olhar a filhota enquanto estou fora. Cansei de residir num elefante branco! De que adianta ter espaço se não usufruimos dele? Logo, logo, escrever-te-ei do meu apertamentozinho... rs Feliz, I hope!
Abraços ternos...

Ana Cecília disse...

Ah, aqui em casa sou eu a aficcionada pelo Charles & Lola! Comprei a boneca mais para mim que para ela! rs