quarta-feira, janeiro 10, 2007

Saúde pública



Filmes como "A casa do lago" deveriam trazer uma tarja:

"Pode ser prejudicial à saúde mental e amorosa de pessoas desacompanhadas."

Porque aí você começa a achar que Keanu Reeves é o homem mais fascinante, charmoso, gostoso e necessário de todos os tempos - passados, presentes e futuros.

3 comentários:

ana disse...

Não vou assistir!!

Amélie disse...

Vc gostou do filme? Quanto ao charme do Reeves eu concordo em gênero, número e grau, e olha que estou muito (bem) acompanhada, rssss... mas o filme é fraquinho, não é? Saí do cinema me sentindo como se tivesse perdido um precioso tempo!

Lys disse...

Eu já achava isso dele bem antes de ver o filme. Nem ligo quando meus amigos dizem que ele é gay. Adouro! Está ouvindo meus suspiros daí?