segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Tudo de novo

Catatau vai usar um livro da Cambridge University Press. Custa R$ 104,70. Só o livro texto. Sem contar o livro de atividades, o CD-ROM e o Progress Diary. Eu sou covarde. Eu não tive coragem de perguntar quanto custa o pacote inteiro. Eu vou ter que empenhar a Catatau pra comprar o material de inglês dela.

Tenho 958.494.340.398,5 cadernos para encapar (o 0,5 é meio ofício). À escolha, 123.980.345 estampas de Contact que nenhuma das duas consegue se decidir ("Mas você não acha que Sininho tá meio assim passado?" "Nãããão, porque esse é de fundo azul, e o do ano passado era roxo." "Mas eu prefiro das Princesas..." "Mas a cara da Bela tá tão esquisita!!!" "Então eu quero o da Marie." "Ah, não, EU escolhi o da Marie!" "E daí? Eu também não posso ter?" "NÃO! Não pode! MÃÃÃÃÃÃÃEEEEE!")

Tenho 675.876.233 livros para encapar. À escolha, 123.980.345 estampas de Contact que nenhuma das duas consegue se decidir (vide acima).

Tenho 1.059.170.216.631,5 coisas para colar etiquetas. À escolha, 145 tipos de etiquetas que nenhuma das duas consegue se decidir (vide acima).

Ainda falta repor os uniformes (e costurar etiquetas em todos) e comprar um par de tênis. Isso com o dedo mindinho do pé mal colado e no meio da reforma do telhado da minha casa.

Oi, meu nome é Suzana e você está assistindo "Volta às Aulas Freak Show".

3 comentários:

Simone Miletic disse...

Suzana: amei!

Nestas horas agradeço o fato de ter uma filha, de apenas 05 anos, completamente viciada no tal High School e, por consequência, não tem discussão sobre tema de nada.

Tudo bem que a mochila é enorme e cabe uma Carol dentro dela, mas são coisas da vida...

Manu disse...

Adorei! rsrsrs
Ainda bem que os gêmeos ainda não tem vontades! Eu decido tudo.
Se EU não fosse tão indecisa, seria mais fácil! rsrsrs

Cecy disse...

Meninas, enquanto vocês encapam cadernos, eu pobre professora estou quebrando a cabeça com os murais. São 5 um em cada sala e eu quero murais lindos, criativos e que digam boas vindas a meus alunos. Mesmo que ao longo do ano eles raguem, sujem e deixem de ser os murais que fiz com tanto carinho.