sexta-feira, junho 03, 2011

[bicho grilo]

[1]
freguesa: moça, você pode me ajudar com a indicação de um livro?
livreira: claro. o que você gosta de ler?
freguesa: então, na verdade, eu gostaria de uma leitura fácil com uma história marcante.
grilos: cri cri cri cri

[2]
freguês:
moço, eu gostaria de alguma indicação de livro pra ler.
livreiro: hm, certo. o que você gosta de ler?
freguês: não sei.
livreiro: qual foi o último livro que você leu?
freguês: não sei.
livreiro: você já leu algum livro na vida, não?
freguês: já.
livreiro: qual?
freguês: não sei.
grilos: cri cri cri

[3]
freguesa:
eu gostaria de um livro para o meu filho. ele é super dotado.
(super dotado? tá, seu filho e o de todas as outras que frequentam a livraria)
livreiro: super dotado? o que ele já leu?
freguesa: a coleção completa de "o diário de um banana".
livreiro: e quantos anos ele tem?
freguesa: dez.
grilos: cri cri cri


ó o dylan AMANDO tudo isso

manual prático de bons modos em livrarias: não deixe o livreiro e os grilos sozinhos. conte uma piada, enriqueça a conversa. a gente ama.

Assim, eu tô com asma. Socorro. E me diz que essa livraria é no Rio, por favor. Eu sou uma que vai lá amar todo mundo - sem esconder livros nem pedir o último do Michael Jackson. Juro.

3 comentários:

Juju Balangandan disse...

Já estou na cola, sensacional!

Fernando Borges disse...

Eu sou o oposto.
Já chego na livraria procurando livros específicos e um lugar confortável para sentar e ler.

Aliás, o pessoal da livraria se incomoda com isso?
Sempre que vou na Fnac, Saraiva, Livraria Cultura etc. encontro um daqueles banquinhos e fico bons minutos ali lendo e relendo.

Fernando Borges disse...
Este comentário foi removido pelo autor.